Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Mostly Cloudy

Rio Grande do Sul O Rio Grande do Sul já registrou quase 84 mil casos de coronavírus, com 2.360 mortes

Compartilhe esta notícia:

Chegada oficial da pandemia ao Estado completa cinco meses nesta segunda-feira. (Foto: EBC)

O mais recente boletim da Secretaria da Saúde acrescentou 412 novos testes positivos de coronavírus no Rio Grande do Sul, que passou a 83.991 casos confirmados no Estado desde a primeira notificação, que completa cinco meses nesta segunda-feira (1o). Já o contingente de mortos pela doença chegou a 2.360, com as últimas 14 perdas humanas acrescentadas pelo relatório.

Do total de infectados nesse período, 74.040 (88%) já se recuperaram, ou seja, não apresentam sintomas há pelo menos 14 dias. No que se refere à quantidade de municípios com um ou mais casos de Covid-19 entre seus habitantes, somente 17 (5%) das 497 cidades gaúchas ainda estão livres da pandemia.

Conforme o informe diário, as perdas humanas mais recentes em território gaúcho abrangem indivíduos de 36 a 91 anos. Mas o predomínio continua a ser de idosos entre os casos fatais, fato mais uma vez confirmado pela estatística atualizada, cujos detalhes podem ser verificados na lista por cidade de residência, gênero (feminino ou masculino) e idade:

– Barra Funda (homem, 63);

– Bento Gonçalves (homem, 70);

– Canoas (homem, 62);

– Esteio (homem, 69);

– Estrela (homem, 56);

– Gravataí (mulher, 53);

– Igrejinha (homem, 70);

– Pelotas (mulher, 36);

– Porto Alegre (homem, 73);

– Porto Alegre (mulher, 73);

– Porto Alegre (mulher, 87);

– Porto Alegre(homem, 74);

– Porto Alegre (mulher, 67);

– Santa Rosa (homem, 91).

Máscara

O comitê científico do governo do Estado que atua no enfrentamento ao coronavírus publicou orientações que reforçam a importância do uso de máscaras não só durante, mas também após a pandemia.

Considerando-se estudos científicos que evidenciam a eficácia desse dispositivo de proteção individual na redução da transmissão de pessoa para pessoa, o colegiado faz feitas as seguintes recomendações:

– Utilizar a máscara em locais públicos, especialmente em supermercados, feiras, farmácias, igrejas e comércio em geral;

– Não compartilhar o dispositivo com outras pessoas;

– Tocar a máscara somente nas alças laterais, pois quando manipuladas de forma incorreta podem aumentar as chances de contágio;

– Observar a posição correta (cobrindo nariz e boca);

– Antes de colocar ou depois de retirar a máscara, as mãos devem ser higienizadas com água e sabão ou álcool-gel 70%;

– Providenciar a troca por um novo sempre que o dispositivo estiver úmido;

– Lavar máscaras caseiras com água e sabão;

– Caso o produto seja descartável, deve ser acondicionado em sacos plásticos selados e deixados no lixo doméstico não reciclável;

– Durante as refeições, por exemplo, manter a máscara em um saco plástico;

– Evitar a colocação de máscara em crianças com menos de 2 anos de idade.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul proíbe lockdown em Pelotas
Os processos de concessão das estações rodoviárias de três cidades gaúchas serão retomados nesta semana
Deixe seu comentário
Pode te interessar