Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
31°
Showers in the Vicinity

Porto Alegre Prefeitura e grupo português falam sobre integração e cooperação

Marchezan e comitiva conversaram sobre inovação, resíduos e turismo.

Foto: Cesar Lopes/PMPA
Marchezan e comitiva conversaram sobre inovação, resíduos e turismo. (Foto: Cesar Lopes/PMPA)

O prefeito Nelson Marchezan Júnior recebeu, no início da tarde desta sexta-feira (13), no Salão Nobre do Paço Municipal, uma comitiva portuguesa liderada pelo presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil, Nuno Rebelo de Souza. Estiveram no centro das discussões as áreas de inovação, resíduos sólidos, turismo e mobilidade elétrica. Marchezan também foi convidado para ir a Portugal, principalmente em visita à Web Summit, considerada a maior conferência de tecnologia do mundo pela revista norte-americana Forbes, para ver o ecossistema das startups portuguesas. Lembrou que em 2017 cumpriu agenda no país, com atenção ao know how português em resíduos sólidos, mobilidade urbana e nas reformas que estavam sendo feitas lá.

“Estamos realizando também reformas importantes para a cidade, que vão assegurar um futuro melhor. Com isso, nos habilitamos a receber investimentos, e Portugal pode ser um grande parceiro nesse processo”, disse o prefeito, acrescentando que há uma pauta de oportunidades que podem perfeitamente agradar a todos.

Nuno de Sousa, que é filho do atual presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, ressaltou que a ideia é ter uma “porta aberta” para que se ampliem as relações. “Na edição de 2019 da Web Summit, estiveram presentes 158 startups brasileiras. Para a próxima, em 2020, o governo federal sinalizou que deve ter um grande estande”, informou. Souza pretende também trabalhar pela ampliação do turismo. “Existe uma linha aérea três vezes por semana unindo Porto Alegre à Lisboa”, observou.

O diretor do Grupo EDP – Soluções em Energia, Fernando Saliba, informou que a empresa deseja continuar investindo no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. “Vislumbramos a possibilidade de novos negócios”, disse, citando entre a mobilidade elétrica entre os setores de interesse. A EDP atua em todos os segmentos do setor elétrico brasileiro e adquiriu da chinesa CEE Power e da brasileira Brafer a Litoral Sul Transmissora de Energia. O conjunto de obras é composto por duas subestações e 142 quilômetros de linhas de transmissão, conectando os estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul e um percurso de 12 municípios catarinenses e dez cidades gaúchas, entre Tubarão (SC) e Torres (RS).

Também estiveram presentes a vice-cônsul de Portugal, Felipa Mendonça; o presidente da Câmara de Comércio Brasil-Portugal, Marco Antônio Borba; o vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil-Portugal, Abílio Couto; o conselheiro das Comunidades Portuguesas no Rio Grande do Sul, Antonio David; o gestor executivo da EPD – Soluções em Energia, Diogo Stradioto; a executiva de Relações Institucionais e Gestão de Stakeholders da EDP – Soluções em Energia, Thais Gomes Machado; o vereador e líder do Governo na Câmara Municipal, Mauro Pinheiro, e o coordenador de Relações Internacionais e o gerente de Relações Institucionais da Secretaria Municipal de Relações Institucionais, Rodrigo Corradi e Ricardo Schlomer Gomes, respectivamente.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Operação interdita lojas suspeitas de vender celulares roubados
Tesouro quitará o salário de novembro para 53% dos servidores na segunda-feira
Deixe seu comentário
Pode te interessar