Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Filipe Guerrero Gracia Quem devo procurar quando tenho dor (parte 1)

Compartilhe esta notícia:

O médico

É muito comum que as pessoas tenham dúvidas sobre o especialista a ser consultado, se o ideal seria de fato o ortopedista ou traumatologista, um reumatologista, um endocrinologista ou outros. Mas é importante saber que cada um desses profissionais trabalha na prevenção e tratamento de doenças e condições diferentes. Por isso, é interessante entender os problemas tratados por cada um deles a fim de iniciar o tratamento correto o mais rápido possível.

Vamos começar falando sobre o traumatologista ortopedista. Como no Brasil a ortopedia e a traumatologia são especialidades unificadas, o médico ortopedista também é traumatologista. Sendo assim, é o médico que trata lesões do aparelho musculoesquelético causadas por diversos tipos de traumas. Os principais exemplos são fraturas, luxações e torções, que geralmente são originados por acidentes de trânsito, acidentes domésticos, acidentes de trabalho, pancadas durante a prática esportiva, quedas e esmagamentos.

As principais condições, não traumáticas, que o ortopedista ou traumatologista trata são as bursites e tendinites, deformidades causadas por doenças crônicas, como artrite e artrose, deformidades ósseas, desvios de coluna, como escoliose, lordose e cifose, fraturas, luxações e torções em locais como clavícula, úmero, cotovelo, punho, mão, quadril, joelho, tornozelo e pé, hérnia de disco, lesões esportivas, lesões musculares, problemas articulares.

Já a reumatologia é a especialidade que trata de doenças autoimunes não cirúrgicas que causam inflamações em qualquer órgão do corpo como as articulações, ossos, músculos, tendões e ligamentos. A reumatologia é a especialidade certa para diagnosticar e tratar a artrite, a fibromialgia, a osteoporose e o lúpus. Importante também ratificar que a ajuda do paciente para monitoramento de dores e sintomas é essencial, sendo a auto-observação junto a exames físicos, laboratoriais e de imagem que darão a certeza de um diagnóstico preciso ao médico especialista em reumatologia.

Para tratar essas condições, o reumatologista pode prescrever o uso de medicamentos anti-inflamatórios e imunossupressores. O ortopedista ou traumatologista também podem prescrever o uso de anti-inflamatórios se necessário.

Algumas condições, traumatológicas ou reumatologicas, podem ser abordadas com tratamento conservador, contudo, o papel do médico nesses casos é identificar o nível de condição patologica, requisitar exames, se necessário, e indicar profissionais que estejam aptos a realizar este tipo de tratamento como o Osteopata e o Fisioterapeuta.

Tendo em vista que alguns problemas podem estar ligados a questão hormonais, o endocrinologista é um profissional que não podemos deixar de citar. Como os hormônios atuam em quantidades muito pequenas, qualquer aumento ou diminuição em sua produção ou liberação pode originar distúrbios que afetam os todos órgãos ou sistemas do nosso corpo. Diferente de quando temos uma dor intensa, uma lesão visível ou uma grande dificuldade de respiração, nem sempre fica tão claro que está na hora de consultar um endocrinologista. Para citar algumas doenças diagnosticadas por ele, pode-se mencionar a obesidade, osteoporose, andropausa, diabetes, distúrbios da puberdade e distúrbios.

O médico especialista deve ser procurado principalmente quando houver incapacidade de movimento. Neste momento poderá haver a necessidade de um exame complementar e a introdução de medicamentos e até mesmo a indicação de cirurgia.

Mesmo sabendo a área de atuação de cada especialidade médica é importante que o paciente fique atento ao tipo de sintoma apresentado. Definir se a dor ocorre ao movimento, parado, se ela corre por membros, se é em pontada, se acompanha dormência, se existe edema articular e rigidez são importantes para a procura do profissional certo para evitar o vai e vem de consultórios e agravamento do problema.

Filipe Guerrero Gracia – Osteopata DO MRO Br

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Filipe Guerrero Gracia

Bruxismo: O que é e como tratar
O que são as dores inflamatórias
Deixe seu comentário
Pode te interessar