Sábado, 17 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Mostly Cloudy

Esporte Thiago Silva é expulso e Chelsea sofre goleada de 5 a 2 do vice-lanterna West Bromwich no Campeonato Inglês

Compartilhe esta notícia:

De virada, equipe londrina perdeu invencibilidade de 15 jogos. (Foto: Divulgação/Chelsea)

O técnico alemão Thomas Tuchel sofreu, neste sábado (3), a primeira derrota no comando do Chelsea. No comando do clube londrino desde janeiro, ele viu sua equipe perder por 5 a 2 para o West Bromwich, em Stamford Bridge, pela 30ª rodada do Campeonato Inglês.

A equipe não perdia havia 15 jogos, equanto o West Bromwich tinha marcado apenas um gol nas últimas cinco partidas, voltando a vencer em Stamford Bridge após 41 anos.

O resultado deixou o time de Londres em situação complicada na briga por uma vaga nas copas europeias da próxima temporada. O time continua com 51 pontos, em quarto lugar, e agora vai ter de torcer contra West Ham e Tottenham, que ainda jogam na rodada e somam 49 e 48 pontos, respectivamente. O West Bromwich é apenas o vice-lanterna, com 21 pontos, enquanto o líder Manchester City acumula 71.

O destaque negativo do jogo foi o zagueiro Thiago Silva, expulso aos 28 minutos de jogo, quando o Chelsea vencia por 1 a 0, gol de Pulisic. O brasileiro recebeu o segundo cartão amarelo, em lance bastante discutível, e deixou o Chelsea com apenas dez jogadores em campo.

A partir daí, o setor defensivo do Chelsea, que estava sem tomar gols há 12 horas, somando-se jogos de todas as competições nas quais o time participa, se descontrolou. Quem aproveitou foi o brasileiro Matheus Pereira.

O atacante fez dois gols ao final do primeiro tempo e virou o jogo para o West Bromwich. No primeiro, mostrou oportunismo, ao aproveitar um chutão do goleiro Johnstone e categoria para encobrir Mendy. E no segundo foi rápido e esperto, ao driblar a zaga adversária duas vezes sem tocar na bola, antes de finalizar colocado.

No segundo tempo, mesmo desorganizado, o Chelsea foi para o ataque e propiciou espaços para o West Bromwich ampliar ainda mais a vantagem com Callum Robinson e Mbaye Diagne. Mason Mount descontou para o Chelsea, mas Callum Robinson fechou o surpreendente placar.

Liverpool

O Liverpool parece ter reencontrado o rumo das vitórias. Também neste sábado, a equipe do técnico Jurgen Klopp superou o Arsenal por 3 a 0, no Emirates Stadium, pela 30ª rodada do Campeonato Inglês. O triunfo foi o terceiro consecutivo dos Reds somando todas as competições.

A promessa de um grande jogo entre duas das equipes mais tradicionais do futebol inglês, no entanto, não se concretizou. O Arsenal não foi capaz de ameaçar o goleiro Alisson, chegando ao ataque apenas uma vez em cabeçada fraca de Pépé, aos 32 minutos do primeiro tempo. O Liverpool, por sua vez, dominou o confronto, mas demorou criar chances claras de gol.

Os visitantes só conseguiram transformar a superioridade em gols na segunda etapa, com a entrada de Diogo Jota. O português mudou o duelo e abriu o placar aos 18 minutos, aproveitando o cruzamento de Alexander-Arnold para cabecear forte na entrada da pequena área.

Dois minutos depois, Mohamed Salah foi lançado pela direita, venceu o duelo com o brasileiro Gabriel Magalhães e tocou de direita entre as pernas do goleiro Leno para ampliar.

Mesmo em desvantagem no marcador e atuando em casa, o Arsenal não foi capaz de reagir. Na verdade, o Liverpool continuou dominando, sendo premiado aos 36 minutos com o terceiro gol. Após saída errada do time londrino, Salah recebeu de Arnold e rolou no meio da área para Mané. O senegalês tentou girar, e a bola sobrou para Jota, que chegou chutando forte e deu números finais ao jogo.

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Noite de clássico: Grêmio e Inter se enfrentam na Arena pelo Gauchão
A Fifa divulga as cidades-sede e estádios da Copa do Mundo Feminina em 2023
Deixe seu comentário
Pode te interessar