Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Rio Grande do Sul Parceria com associação vai atender população em situação de rua em Caxias do Sul

Compartilhe esta notícia:

Secretária Regina firmando a parceria com o coordenador técnico da OSC Gesto, Maiquel Fouchy.

Foto: Felipe Farias/Ascom Stas
Secretária Regina firmando a parceria com o coordenador técnico da OSC Gesto, Maiquel Fouchy. (Foto: Felipe Farias/Ascom Stas)

A Stas (Secretaria de Trabalho e Assistência Social) assinou, nesta quinta-feira (26), o termo de colaboração com a Associação Mão Amiga para implementação do projeto PopRua RS em Caxias do Sul. Na quarta-feira (25), a parceria foi firmada com o Grupo Pela Educação, Saúde e Cidadania – OSC Gesto para a realização da iniciativa nos municípios de Pelotas e Rio Grande.

O PopRua RS será lançado nos próximos dias e contará com a presença do governador Eduardo Leite. O projeto receberá recursos do Feaip (Fundo Estadual de Apoio à Inclusão Produtiva) e atenderá a população de rua ao longo de três meses em cinco municípios gaúchos. Porto Alegre e Santa Cruz do Sul também serão contempladas, por meio da parceria com o Instituto Pobres Servos da Divina Providência – Centro de Educação Profissional São João Calábria e a Mitra Diocesana de Santa Cruz do Sul, respectivamente.

O projeto é resultado da parceria entre a Stas, terceiro setor e empresas que contribuíram com recursos destinados ao fundo do Pró-Social (Programa de Incentivo à Inclusão e Promoção Social), que concede incentivo fiscal para o financiamento de projetos sociais no Estado às empresas contribuintes do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Para o coordenador técnico da OSC Gesto, Maiquel Fouchy, a cooperação com o Estado possibilitará a garantia do acesso às políticas de assistência social nos municípios onde será desenvolvido o PopRua RS. “Também vamos conseguir ampliar as ações de promoção da saúde, cidadania e direitos humanos e contribuir para a elevação de qualidade de vida, respeitando o direito do cidadão e suas especificidades”, disse.

A titular da Stas, Regina Becker, destacou que nos cinco municípios serão atendidos pelo projeto, em média, 600 pessoas em situação de rua com entrega de quentinhas, EPIs (equipamentos de proteção individual), espaço físico para higienização e banho, material de higiene pessoal, rouparia de cama e banho, encaminhamento de saúde e informações sobre trabalho e emprego e direitos humanos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Revitalização de trecho da Orla do Guaíba, em Porto Alegre, chega a 60% de conclusão
Chega a 6.686 o número de mortes por coronavírus no Rio Grande do Sul
Deixe seu comentário
Pode te interessar