Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Mostly Cloudy

Polícia Presos suspeitos de envolvimento na morte de mulher grávida em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e três de prisão preventiva na Capital, em Viamão e Sapucaia do Sul

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e três de prisão preventiva na Capital, em Viamão e Sapucaia do Sul. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quinta-feira (14), a Operação Netuno para capturar suspeitos de envolvimento na morte de uma mulher grávida na rua Orfanotrófio, na Zona Sul de Porto Alegre, no dia 28 de dezembro.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e três de prisão preventiva na Capital, em Viamão e Sapucaia do Sul. Três homens foram presos. Com eles, a polícia encontrou roupas utilizadas na ocasião do crime.

Segundo a investigação, o assassinato ocorreu durante uma troca de tiros entre integrantes de grupos criminosos rivais, provenientes de Porto Alegre e Viamão, em razão de disputa por um ponto de venda de drogas.

Um dos grupos praticou uma série de homicídios no bairro São Lucas, em Viamão, na tentativa de tomar um ponto de drogas da localidade. Em razão disso, houve uma represália na rua Orfanotrófio, área da quadrilha rival.

No tiroteio, três pessoas foram baleadas. Uma delas, a professora Cíntia Rosa da Silva, de 29 anos, que estava grávida, foi atingida por uma bala perdida. O bebê de sete meses foi retirado em um parto de emergência, vindo a falecer um dia após a morte da mãe.

O crime causou grande comoção na população porto-alegrense. Cíntia havia saído de casa para ir a um supermercado quando foi morta pela bala perdida.

Dois jovens atingidos por disparos na ocasião têm antecedentes criminais e foram detidos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

IPE Saúde realiza mais de 14,5 milhões de atendimentos em 2020
Ministro da Saúde diz a prefeitos que a vacinação contra o coronavírus no Brasil começará na quarta-feira
Deixe seu comentário
Pode te interessar