Terça-feira, 19 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Futebol PSG sofre, mas vence o lanterna Metz com assistência de Neymar no último minuto

Compartilhe esta notícia:

Neymar vibra com Hakimi após lateral marroquino fazer gol da vitória do PSG sobre o Metz. (Foto: Reprodução)

Foi sofrido mais uma vez, mas o Paris Saint-Germain (PSG) manteve-se com 100% de aproveitamento no Campeonato Francês. Sem Messi, que está lesionado, o time de Mauricio Pochettino venceu o lanterna Metz por 2 a 1, fora de casa, com dois gols de Hakimi. O segundo só saiu aos 49 minutos do segundo tempo, depois de um passe decisivo de Neymar, que vibrou bastante com a vitória suada e com tensão e confusão no fim.

PSG 100%

Pela segunda rodada seguida, o PSG conquista sua vitória com um gol nos últimos minutos. E assim, o time de Pochettino chegou à sétima vitória em sete jogos e é o líder no Campeonato Francês, com 21 pontos. O Olympique de Marselha, com um jogo a menos, é o segundo colocado, com 14 pontos. O Metz segue na última posição, com três pontos. Neste sábado (25), o Paris Saint-Germain recebe o Montpellier.

Foi no sufoco

O início do jogo deu a entender que seria um passeio do PSG, que não contou com Messi. Aos quatro minutos, Neymar deu ótimo passe para Icardi, que finalizou de cavadinha na saída de Oukidja, mas a zaga do Metz afastou em cima da linha. Hakimi apareceu e fez o gol no rebote. O Paris Saint Germain seguiu com espaços e ocupando o campo de ataque, mas, aos poucos, ficou vulnerável. E o empate dos donos da casa saiu aos 38 minutos. Gueye cobrou escanteio da direita, e o zagueiro Kouyaté cabeceou bem.

Na volta do intervalo, o panorama não mudou. Neymar e Hakimi criaram boas chances, mas o PSG seguiu com dificuldades de furar o bloqueio dos lanternas. Pochettino lançou mão de Di María e Draxler, que entraram ao lado do trio da frente, formado por Mbappé, Icardi e o camisa 10 brasileiro. Os minutos finais foram de tensão. O capitão do Metz, Bronn, foi expulso após levar o segundo amarelo ao retardar uma cobrança de falta.

Pouco depois, Neymar deu ótimo passe para Hakimi na ponta direita, o lateral marroquino puxou para o meio e finalizou com a canhota para balançar as redes. Na comemoração, Oukidja foi para cima dos jogadores do Paris alegando que Mbappé teria feito uma provocação e deu início a uma grande confusão. O atacante brasileiro discutiu com o goleiro do Metz, e ambos foram amarelados. E ficou por isso mesmo: 2 a 1 para o PSG.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Futebol

Gabigol segue Neymar como craque em polêmicas
Real Madrid goleia o Mallorca e volta a ser líder do Campeonato Espanhol
Deixe seu comentário
Pode te interessar